sábado, 10 de junho de 2006

Que tal?

Atendendo a pedidos, eu mexi no layout. Vocês viram, por alguns dias, o do casal dançando. Uma pena que não consegui fazê-lo funcionar. Até a professora de html eu consultei, e nem ela conseguiu descobrir o que estava dando errado. Mas esse eu também achei bonitinho... o que acham?
Tenho novidades, umas tristes, outras felizes. Vou começar pelas felizes.
Chegou minha habilitação. Agora estou procurando sair sempre com a van para acostumar. Na sexta-feira, fui fazer a linha com minha mãe, e vou procurar indo devagar, fazendo essas coisas. Mas já estou acostumando, o que é muito bom. Pintando uns serviços, já posso ir fazer.
Agora a triste. Namorado e eu terminamos. Estou muito, muito, muito triste, embora ache que é a coisa certa a fazer, pelo menos por enquanto. Nosso relacionamento não estava mais dando certo, por culpa de ambas as partes, e acho que não conseguiríamos chegar num consenso. Não vou ficar aqui falando que a culpa é minha ou dele em cada aspecto, mas tenho certeza de que ele esperava algo de mim que eu não estava disposta a mudar, enquanto que eu também esperava algo dele que ele não estava disposto a mudar também. Aprendi com ele coisas maravilhosas, e é um choque pensar que não terei mais ele durante o meu dia. Me faz pensar em como me sentirei sozinha (e aliás já estou me sentindo assim, pois nos falávamos várias vezes por dia), mas não vou deixar isso me abalar. Orei muito antes de tomar essa decisão, e ele deu a deixa, eu senti que a hora era aquela. Apesar de triste, meu coração está em quietude e paz. Amo-o demais! Não há dúvidas! Mas estávamos nos machucando tanto! Fazendo feridas um no outro que não cicatrizam rápido. Talvez seja pra ficarmos juntos... mas talvez isso seja mais pra frente. Deus tem seus propósitos que não conhecemos, e não sei se estou preparada para me comprometer agora. Quero viver muitas coisas antes disso, não necessariamente afetivas... quero ter minhas experiências, morar sozinha, aprender a me virar, ter minha independência, descobrir as coisas de que gosto. Minha vida inteira foi vivida em função de alguém: no começo, da família, que controlava cada passo meu. Depois, dos namorados que colocava no lugar de reis e sóis da minha vida: vivia girando em torno deles. Agora, pensando em ficar sozinha, vejo que não me conheço: não sei nem ao menos do que gosto! Nem consigo imaginar o que farei no sábado que vem, dia em que costumávamos nos ver...
Estou triste, mas de coração leve (embora agüado. Vocês sabem o que é coração agüado?)

6 comentários:

Paty Bello disse...

testando os comentários no novo template...

Vera disse...

Patty
Ficou lindo!!!Amei!!!O outro era muito pesado e demorava séculos p/abrir, esse ficou levinho e abre rapidinho...Parabéns!!!
Bola pra frente amiga, no começo dói mesmo, mas depois isso passa e vc volta a ser feliz...Se namorando vcs brigavam muito, imagina após se casar...
Tenha um excelente domingo...
Beijocas

Katia disse...

Oi Paty
Sinto que a sua vida está mudando radicalmente em todos os sentidos e isso é bom, apesar das perdas. Pode-se notar como antes até o seu blog andava um pouco sério demais, agora parece que você se libertou, criou asinhas e começou a levantar vôo. Tudo na vida não acontece por acaso, com certeza é para melhor e muito melhor. Que sua nova empreeitada seja ótima. Sucesso para você e bola pra frente.
Beijinhos e pode sempre contar comigo
Kátia

Nanna disse...

Bom dia, o seu cantinho tá lindinho, como disse a Vera agora tá abrindo bem mais rápido. Como o Kátia disse, nada acontece por acaso, as vezes uma boa conversa deixa tudo as claras e vc fez bem em dar um tempo nas amarras. Não somos ninguém pra julgar, mas o tempo é um bom conselheiro e dirá a vc o que fazer daqui pra frente. boa sorte na sua "nova vida" e qq problema é só gritar que venho rapidinho te ajudar.
Abreijos.

Rosi disse...

Querida Paty,agradeço de coração a mudança!Agora dá prá ler tudinho,e bem.Fico feliz com tuas mudanças de vida.Com certeza são prá melhor.Tenho fé nisso!Pena a notícia do final do namoro.Como eu sempre te digo,bola prá frente...E vou te dizer que eu era um pouco como tu,sempre com a vida girando em torno dos outros e querendo agradá-los.Mas a cada fora que eu fui levando daqueles que eu julgava os amores da minha vida,eu fui me fortalecendo,até que descobri que eu tinha que viver em torno do meu umbigo primeiro.Primeiro as coisas tem que ME agradarem.Se EU estiver de acordo com algo,então tá.Se EU me amar do jeito que sou,ótimo.
Com isso eu deixei de me desapontar tanto com os outros,pois passei a prestar muito mais atenção em MIM e a aceitar mais os outros como eles são.As coisas passam a ficar muito mais leves e agradáveis,e a vida fica mais fácil de ser levada.
Mas isso tudo eu aprendi depois de ter o coração aguado algumas vezes.Mas com certeza passa.É só dar o devido tamanho à coisa e deixar o tempo fazer a sua parte.
Tu podes não acreditar,mas quem cuida do nosso PC aqui de casa é um ex-noivo que me deu o fora 1 mês antes do casamento!Passei algum tempo querendo o pescoço dele,e hoje em dia ele vem aqui em casa e é como se só tivéssemos sido sempre amigos.É muito estranho uma pessoa ter tido tanto sentimento e intimidade,e hoje não se sente nada mais disso,pois fomos adiante,não ficamos presos em nada daquilo.Tocamos a bola prá frente...Cada um pro seu lado.
Amiga,te desejo tuuuudo de bom na tua vida(quase)toda nova!
Beijoconas,
Rosi

sirlene disse...

Tá lindo! Claro, sóbrio, moderno.

Quanto ao namoro,mudanças são necessárias. Com esse tempo, vcs
terão a noção do amor dos dois.Se voltarem, bom, se não, o mundo é grande e com certeza há uma pessoa bem especial esperando por vc.
bjs,
Sirlene